Avançar para o conteúdo principal

Selecção Nacional - Vergonha!

De facto, é um escândalo, quando algo corre mal a selecção Portuguesa e as justificações dadas e o "agarranço" ao poder é tão grande que não se olha para si. mas para problemas alheios.... Se calhar na minha opinião todos os que estão a ocupar os cargos deveriam demitir-se desde a Federação toda até a liga de clubes, tudo do mesmo saco, escuro duvidoso e com currículo de merda.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Partilha

Diz-se muito que o ser humano existe, porque partilha.

O existe tem a ver com o completar das suas necessidades, o existe tem a ver com as sensações que tem quando interage com outra pessoa, sendo amigo, conhecido, companheiro, o existe tem a ver com o facto de recebermos feedback, algo que nos informa, que nos faz observar, algo que nos toca, quer seja na pele, quer seja na memória, nas emoções.
O partilhar algo que faz, o partilhar algo que inventa, o partilhar algo em que participa, nem todos o sabem fazer, nem todos sabem o que é.

Sentimo-nos seres humanos, quando as nossas emoções relativamente à nossa pessoa são satisfeitas. Sentimo-nos seres humanos, quando os nossos objetivos são concretizados. Sentimo-nos seres humanos quando o sabor da concretização é mais forte que o sabor do caminho que a fez chegar até lá.




Afinal estou só a partilhar o que "eu fiz", claro que é bom o que "eu" fiz, contudo o que eu faço nada serve, se nao for feito com a …

Referendo Escócia

Olá, hoje é um dia marcante para a história mundial e nomeadamente europeia, este referendo realiza-se numa altura em que economicamente todos os dias vem a lume os escândalos financeiros e de desvio de verbas que deveriam ser utilizadas em obras do estado para o bem da população. Se calhar no fim do dia de hoje la para as 22:01 o resultado do referendo irá ser .. SIM quem sabe? a ver vamos...

Dar ou não dar

Hoje em dia, partimos do principio que não nos devemos dar a ninguém para depois não sofrermos, quando ou, se esse alguém nos rejeitar, há quem viva horas, há quem viva dias, há quem viva anos assim, mas o facto é que nos "enganamos" a todos, uns aos outros.

O dar não é nada mais do que demonstrar todas as nossas forças todas as nossas fraquezas sem esconder as nossas fraquezas, sem esconder as nossas forças com o receio de ser impetuoso e incisivo na análise das situações que possam ocorrer e sem esconder a nossa fraqueza do demonstrar que somos frágeis e  inseguros. Em ambas as situações podemos sofrer, o ser moderado ou o esconder os pólos, negativo e positivos, leva-nos a ser um "falso" moderado, um falso porque não é o verdadeiro "eu" que esta a ser mostrado, mas sim um "eu" fantasiado e delineado por o "bom senso" que não deveria existir, mas por base sempre foi o que foi demonstrado ser o melhor a seguir.